Agendar visita
Conheça nossa proposta

Minecraft une gerações em sala de aula

Os games estão cada vez mais presentes no ensino e em sala de aula e uma prova disso é o MinecraftEdu, versão pedagógica do jogo de construção Minecraft – adquirido pela Microsoft em 2014. A Rede Marista de Colégios (RMC) adotou a ferramenta em 2019 e nas cidades de Chapecó (SC) e Curitiba (PR) os professores passaram por um treinamento diferente, com apoio do conhecimento de quem domina a técnica como ninguém: os alunos.

No treinamento, os professores conheceram o conceito do jogo, feito de blocos cúbicos que podem ser colocados em qualquer lugar para construir estruturas. O jogo ainda exercita a colaboração no ambiente virtual para construir mundos de acordo com a imaginação. Na hora da prática, no entanto, foram os alunos que explicaram o funcionamento, movimentação e possibilidades do game. Marcia Maria Rosa, diretora do Colégio Marista São Francisco, de Chapecó, acredita que a interação entre gerações e a troca de conhecimentos são experiências importantes para todos os envolvidos. “O processo de ensino-aprendizagem é de fundamental importância nesse intercâmbio e enriquece tanto o aluno como o professor, ainda mais quando os papeis são alterados”.

O protagonismo do aluno e a liberdade de explorar questões ao longo do caminho, algo que o uso do MinecraftEdu traz para a sala de aula, são só alguns dos benefícios da inovação tecnológica no ensino. “O livro e o professor deixam de ser os detentores da informação e se tornam facilitadores, capazes de ampliar os caminhos de aprendizado dos estudantes, que por sua vez, podem exercitar a curiosidade e a autonomia”, explica Marcia.

Na opinião da diretora Marcia, uma das grandes vantagens quando se trabalha com o Minecraft é o aprendizado mútuo. “A educação precisa estar aberta, constantemente, aos avanços científicos e culturais para não acabar sendo um universo defasado da realidade. Os elementos centrais da educação são o educador e o educando, com apoio das mais diversas ferramentas disponíveis”, conclui.

A ideia de explorar o Minecraft na escola surgiu de um grupo independente de professores e programadores que criaram, em 2011, o MinecraftEdu, versão do jogo atualmente utilizada nas escolas. Com a adoção da plataforma em mais de 40 países, a Microsoft adquiriu o MinecraftEdu em janeiro de 2014.

Share

Agende
uma visita

Venha fazer parte da nossa família! Preencha o formulário com seus dados e demonstre seu interesse em matricular seu filho em uma das nossas unidades.

Acessar!

Fale conosco

Entre em contato com os Colégios Maristas e esclareça suas dúvidas, faça sugestões e nos conte sobre seus interesses.

Fale Conosco